Pedro em Samasthiti/tadasanaSignificado do nome: sama = igual, simétrico; sthitih = ficar firmemente ereto; "postura simétrica e estável")

Algumas dicas muito importantes para o alinhamento nesta postura:

1. Este ásana é o que requer mais atenção, pois é o ponto de partida para todos os demais.

2. Esta é a arte de ficar em pé. Começe a construir a postura pela base, conscienciosamente.

3. Partes externas dos pés paralelas entre si. Espaço entre o dedão e o segundo dedo.

4. Arcos elevados. Distribuição uniforme do peso entre os quatro cantos de cada pé.

5. Patelas elevadas, pele das coxas rotacionadas internamente, sentindo a espiral de energia ascendente.

6. Cóccix apontando para baixo. Bacia centralizada.

7. Ombros para trás e para baixo. Esterno para cima e para frente.

8. Escápulas apontando para abaixo.

9. Os eixos dos tornozelos, da bacia, dos ombros e as orelhas estão alinhados verticalmente.

10. Psicologicamente, a verticalidade nesta postura está vinculada com a projeção para o alto, o crescimento, a elevação, o despertar da espiritualidade.

11. Podemos afirmar que o ser humano somente se completa como humano ao assumir sua postura ideal.

12. Um queixo projetado para frente nesta postura pode indicar uma certa tendência da pessoa a ficar voltada somente para o mundo material, ou para o exterior.

13. A coluna é como o subconsciente. A falta de alinhamento das costas pode indicar falta de contato com os conteúdos subconscientes.

14. Em nível energético, esta postura, bem como todas as demais em pé, desperta e ativa os chakras inferiores, estabelecendo uma conexão firme com o elemento terra.

    COMENTÁRIOS

    Comentar artigo

  1. Luiz Carlos Souza Gomes

    Esse asana, no Dakshna Tantra, é chamado de tadasana, ou postura da montanha. Deve ser feito com mula bandha (contração dos esfíncteres) para acentuar a energia do muladhara chakra, além da contração muscular de todo o corpo.
    Responder