Estrofes Essenciais da
Muṇḍakopaniṣad

 

Como Evaluar as Experiências
para uma Vida Feliz e Saudável

Intensivo Inspirado nos Ensinamentos 
de Swāmi Dayānanda Saraswatī


 

Este encontro combina práticas de Haṭha Yoga (āsana, prāṇāyāma, relaxamento e meditação) com o estudo da Muṇḍakopaniṣad  uma das mais lindas e transformadoras obras da tradição do Yoga, ao longo de cinco dias do próximo outono na belíssima praia de Itamambuca, no litoral norte do Estado de São Paulo. 

 

A Muṇḍakopaniṣad é uma das principais (mukhya) Upaniṣads. Ela está associada ao Athārvaveda. Ela consta de apenas 64 mantras, que são usados desde milênios através para praticar meditação e contemplar a visão libertadora do Yoga. Esses mantras estão divididos em três partes de duas seções cada uma.

 

A palavra Muṇḍaka faz referência à uma árvore descascada ou a uma ovelha tosada. Muṇḍakopaniṣad, então, é a Upaniṣad que nos liberta da ignorância, da mesma maneira que a ovelha fica livre da lã. Como muitas outras Upaniṣads, a Muṇḍaka é um diálogo entre duas pessoas: o sábio Angiras e o jovem Śaunaka, que pede o ensinamento ao perguntar: “Ó Senhor, o que é Aquilo que, sendo conhecido, permite conhecer tudo o mais?" 

 

No diálogo o mestre Angiras elucida-nos sobre dois tipos de conhecimento: o que versa sobre a Natureza e o que versa sobre o Ser. E nos propõe a seguinte prática:


Segure o arco das escrituras, coloque nele a flecha da devoção;

tensione a corda da meditação e acerte o alvo, o Ser.
O mantra Oṁ é o arco, o aspirante a flecha, o Ser o objetivo.
Tensione agora a corda da meditação, e atingindo o alvo,
[compreenda que você já é] uno com ele.

 

A qualificação que se pede de quem deseja beneficiar-se deste texto é o desejo de se libertar da prisão do saṁsāra. A compreensão de que há uma Ordem Maior, e de que todos somos parte dela, se traduz numa atitude de confiança e entrega. A partir dela, começa o processo de descoberta e remoção dos obstáculos.

 

Essa compreensão nos leva à visão do absoluto, na qual nos libertamos da ideia de que o aparente é o absoluto e vemos a Unidade como ela é. Uma vez que o autoconhecimento é obtido, o praticante não fica de braços cruzados, já que isso seria renunciar à própria dinâmica da existência. 

 

Pelo contrário: a vida se vive como é para ser vivida, porém renunciando ao apego e às falsas crenças e valores, o que por sua vez nos leva à emancipação de todas as formas de apego e sofrimento. Somos livres para nos expressar. Somos livres para viver o que temos para viver, sem sofrer.

 

Você não precisa estar em alguma condição física especial para participar deste intensivo. Praticantes de quaisquer tradições são bem-vindos.

 

 

Detalhes práticos. 

Datas: 30 de Maio a 3 de Junho de 2018. 

O encontro começa às 16 horas do primeiro dia e conclui-se às 13 horas do último dia. O encontro consta de práticas de duas horas e meia que incluem āsana, prāṇāyāma, yoganidrā e meditação, alternadas com momentos de estudo, satsaṅgas para dirimir dúvidas, kīrtans e treinos.

 

Horários do encontro. 

07:00 - 09:30: prática
09:45 - 11:00: desjejum
11:00 - 13:00: treino
14:00 - 15:00: almoço
17:00 - 19:00: estudo
19:00 - 20:00: jantar

 

Sobre o Espaço Samudrā. 

Samudrā significa Oceano. O Espaço está localizado em Itamambuca, uma das praias mais lindas do Brasil, em Ubatuba, litoral norte do Estado de São Paulo. O espaço nasceu à beira de um rio, no pé da Mata Atlântica. Nesse belo local rege a energia da Natureza, ainda livre. É em meio à essa energia que realizamos nossas práticas, treinos e estudos. O local foi construído e é gerido pelo casal Juliana Spelta e André Oliveira. A pousada oferece alimentação lactovegetariana e hospedagem para os participantes do curso. Se quiser conhecer mais detalhes, visite este website: samudrayogavillas.com. O endereço do Espaço: Rua 37, nº 193. Praia de Itamambuca - Ubatuba, SP. Telefone: (012) 99762-3737 Skype: Samudrayv.

 

Sobre o material de estudo. 

Os participantes receberão uma apostila em formato digital contendo o texto a ser estudado, bem como um comentário extensivo de Swāmi Dayānanda, editado e traduzido pelo Pedro, que estudou esse texto com o próprio Mestre num retiro na cidade sagrada de Rishikesh, no norte da Índia, em Março de 2011. 

  

Como faço a minha inscrição?

Quando tiver tomado a decisão de participar, envie um email para angelasundari@gmail.com, solicitando os valores e formas de pagamento.

Iremos lhe enviar a confirmação do recebimento da sua inscrição por email, após o envio do seu comprovante de depósito. 

A devolução do valor da inscrição somente será feita para aqueles que desistirem até o dia 30 de março. Após essa data, não haverá devolução de pagamentos feitos.

As vagas são limitadas. Por favor, programe-se antecipadamente.

 

 

Quem ministra o curso?

Pedro nasceu no Uruguai, 51 anos atrás. Conheceu o Yoga aos 16 anos de idade e pratica desde então. Considera o Yoga mais uma visão do mundo e uma forma de vida, do que uma atividade que se pratica dentro de uma sala. Pedro escreveu e traduziu 10 livros sobre Yoga, além de editar o website www.yoga.pro.br. Gosta de praticar, estudar, mantrar e viajar. Visita à Índia regularmente há mais de 30 anos para continuar seus estudos e autoaperfeiçoamento. Mora  junto com a sua amada e companheira de caminhada, Ângela Sundarī, numa das praias de Vila da Ericeira, em Portugal.

 

 

Traga seu tapetinho, boa disposição e muita vontade de praticar e aprender!  

 

Aguardamos você!

 

Ângela & Pedro.