Dicas de viagem para a Índia

Pedro Kupfer - 10 de Janeiro de 2017

017-Sundari-Parmarth

Considerando a quantidade de mensagens que temos recebido nos últimos tempos com pedidos de informações sobre como organizar uma viagem para a terra do Yoga, preparamos este texto com algumas dicas importantes.


[leia o artigo :: 42 comentários]

Jambo, a Árvore da Vida

Pedro Kupfer - 16 de Novembro de 2016

A antiga cultura da Índia usava o nome Jambudvīpa, ou “ilha do jambū”, para se referir ao mundo. Na cosmogonia indiana, considera-se que o centro do mundo seja o Monte Meru, no Tibete. No alto desse monte sagrado cresce a Árvore da Vida, o Jambū. Desta maneira, Jambū é o Eixo do Mundo e a Origem da Vida ao mesmo tempo.


[leia o artigo :: nenhum comentário]

Yoga: Inside or Outside Hindu Dharma?

Pedro Kupfer - 24 de Março de 2016

Those who praise the simplification of Yoga do not try, necessarily, to make Yoga available to all. Let us remember that the use of Sanskrit does not make Yoga incomprehensible. The fear of the culture of “the Other” is what makes Yoga incomprehensible. That fear is a form of xenophobia, the dislike of lack of confidence about everything that comes from another place or people.


[leia o artigo :: 6 comentários]

Bebendo o néctar de Rama

Sant Kabir - 02 de Dezembro de 2014

Bebo o sublime néctar de Rāma, o Divino.
Com ele, esqueço todos os demais sabores.
Por que deveríamos chorar a morte de outrem
Se nós mesmos não somos permanentes?
Quem nasce, morre: deveríamos chorar por isso?
Nos absorvemos no Uno do qual viemos.


[leia o artigo :: nenhum comentário]

Mahalila, o jogo do autoconhecimento

Harish Johari - 01 de Outubro de 2014

mahalila_final-copy

O mahalila, jogo milenar hindu, é para os indianos o que o tarô é para os europeus e o I Ching para os chineses: uma descrição dos estados e as situações pelas quais circula o homem no processo de crescer através da vida


[leia o artigo :: 14 comentários]

Arte sagrada hindu

Pedro Kupfer - 15 de Janeiro de 2014

Dizer arte sagrada, no contexto do hinduísmo, é um pleonasmo. Digo pleonasmo pois, na cultura antiga da Índia não há arte que não seja sagrada. Não há forma de arte que não tenha o propósito de revelar algum dos múltiplos aspectos do divino e, ao mesmo tempo, um caminho para mokṣa, a libertação. Cada forma artística funciona como um espelho que aponta para as infindáveis manifestações do Criador.

 


[leia o artigo :: 3 comentários]

Oriente e Ocidente: olhares diferentes

Bolívar Salerno - 27 de Novembro de 2012

Tanto no que diz respeito à representação e simbologia das divindades nas diversas espiritualidades, quanto em relação ao tema da consciência, a visão que nos chega da Índia é muito diferente da que estamos acostumados a manejar aqui. Em relação às divindades, entende-se que sejam manifestações da inteligência criativa, presentes tanto na natureza quanto no corpo humano. 


[leia o artigo :: 3 comentários]

O músico fantasma

Swami Dayananda Saraswati - 20 de Março de 2012

Era uma vez um músico muito bom mas muito ciumento, que ensinava seus discípulos menos do que sabia por que não queria concorrência. Ensinava apenas o básico para que os demais pudessem cantar, mas sem lhes mostrar os segredos fundamentais. Um bom dia, morreu de um ataque cardíaco fulminante e se tornou um fantasma, um Brahmarakshasa.


[leia o artigo :: 2 comentários]

1 2 3 4 5 6 7 8 >

SEÇÃO DO MÊS

  • Vedanta
    O autoconhecimento transforma positivamente a visão que temos do mundo e da vida

MAIS LIDOS

ANÚNCIOS

CURSOS E EVENTOS

  • 01 a 28 de Julho de 2017

    Pedro Kupfer

    Formação em Yoga :: Ubatuba

    Anunciamos com satisfação o Módulo I da Formação em Yoga, que irá acontecer no próximo mês de Julho de 2017 na belíssima Praia de Itamambuca, em Ubatuba, litoral norte do Estado de São Paulo.

  • 13 a 18 de Junho de 2017

    Pedro Kupfer

    Formação em Yoga :: Módulo III :: Mandukyopanisat

    Māṇḍukyopaniṣat é um texto fundamental da tradição do Yoga que resume de maneira brilhante todos os grandes temas que cercam seu propósito final: mokṣa, a liberdade. O encontro consta de práticas intensivas de āsana, prāṇāyāma e meditação, alternadas com momentos de estudo, satsaṅga e kīrtan.

[veja todos]