Kshanti, a aceitação pacífica

Swami Dayananda Saraswati - 04 de Abril de 2017

flowerpic

A palavra sânscrita kshanti freqüentemente é traduzida como "tolerância" ou "capacidade de suportar". Mas essas duas expressões portuguesas trazem um sabor negativo de "sofrimento resignado", quando, ao contrário, kshanti é uma atitude positiva - não uma resignação dolorosa. Uma tradução melhor seria "acomodação".


[leia o artigo :: 2 comentários]

Absoluto e Relativo

Pedro Kupfer - 04 de Fevereiro de 2017

O Absoluto não tem atributos. As palavras que se usam para apontar para o Ilimitado não são o Ilimitado, nem são atributos dele. São apontadores que indicam o Absoluto. Você pode compreender o Ilimitado através da compreensão do Universo como um atributo circunstancial dele. O Ilimitado é manifestado na forma do Universo, transitoriamente. Existia antes, existe agora, existirá depois.


[leia o artigo :: 1 comentário]

A Essência do Ensinamento de Ramana

Sivaprakasam Pillai - 01 de Fevereiro de 2017

Sivaprakasam Pillai foi o afortunado devoto de Śrī Rāmaṇa que, em 1902, postulou a pergunta “Quem sou Eu?” junto com outras igualmente importantes para o mestre, e preservou e contemplou a vida inteira sobre as suas respostas. Esse tesouro de Sabedoria guia e inspira hoje em dia inúmeros buscadores do mundo inteiro.

 

[leia o artigo :: 3 comentários]

Mandukya Upanishad

tradução por Pedro Kupfer - 01 de Janeiro de 2017

Temos, entre as principais dez Upaniṣads, a Māṇḍukya, que pertence ao Athārva Veda. Ela segue um prakriyā, um método de investigação que inclui um modo de resolver um problema que em verdade não existe. Na visão da Upaniṣad, não há problema. Quando se diz que você já é aquilo que quer ser, é porque não há problema algum para ser resolvido.

 


[leia o artigo :: 1 comentário]

O Homem Cósmico

tradução por Pedro Kupfer - 01 de Janeiro de 2017

Este é um lindo trecho da Chāndogyopaniṣat que expõe de uma maneira muito linda a tradicional visão do Universo na forma de Vaiśvānara, o Homem Cósmico. Nele se faz uma clara descrição, muito poética por sinal, dos misteriosos sete membros de Vaiśvānara, mencionados na Māṇḍukyoaniṣat mas sobre a qual esta obra não diz nada. Desfrutem!

 


[leia o artigo :: nenhum comentário]

Precisamos acreditar no Ilimitado?

Pedro Kupfer - 19 de Outubro de 2016

Como professor de aritmética, você não quer que seus alunos "acreditem" que 2+2=4, mas que compreendam o conceito de adição e possam fazer futuramente suas próprias contas e aplicar esse conceito para resolver questões práticas na vida. Isso exclui a fé, ou a crença na palavra de quem ensina.

 

[leia o artigo :: 1 comentário]

O que é Vedanta?

Swami Dayananda Saraswati - 14 de Setembro de 2015

Vedānta é a solução para o problema que surge quando me vejo como um mortal imperfeito, sujeito a várias limitações. Essa é a conclusão à qual cada indivíduo chega ao julgar precipitadamente. Vedānta é o ensinamento que resolve este problema. Na visão do Vedānta, você é a solução para o problema que você sofre. "Eu sou Brahman, a totalidade " é Vedānta. Portanto, Vedānta é a solução.


[leia o artigo :: 5 comentários]

Ishvara: causa material, causa instrumental

Swami Dayananda Saraswati - 28 de Agosto de 2015

Para qualquer criação, deve haver um artífice capacitado com o conhecimento e a habilidade para executar essa criação. No caso da natureza, Īśvara é esse artífice. A criação é inteligentemente arranjada, desde o átomo à celula, da célula ao organismo. A terra é como uma bailarina, rodopiando sobre seu próprio eixo ao mesmo tempo em que segura todas as coisas através da lei de gravidade. O sol é o pai e a mãe da terra, pois também segura o nosso planeta em sua órbita. O sol também se move. Tudo se move.


[leia o artigo :: 1 comentário]

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 >

SEÇÃO DO MÊS

  • Vedanta
    O autoconhecimento transforma positivamente a visão que temos do mundo e da vida

MAIS LIDOS

ANÚNCIOS

CURSOS E EVENTOS

  • 10 a 28 de Fevereiro de 2018

    Ângela Sundari e Pedro Kupfer

    Yoga e Vedanta na Índia

    Esta viagem foge ao propósito da maioria das que se fazem à Índia, terra do Yoga. Não está centrada em visitar lugares históricos ou turísticos, nem em fazer compras, mas no próprio processo de crescimento pessoal do viajante. O foco está no Yoga e na descoberta de si mesmo. Essa é a razão pela qual temos apenas dois destinos: Tiruvannamalai e Rishikesh.

     

  • 01 a 28 de Julho de 2017

    Pedro Kupfer

    Formação em Yoga :: Ubatuba

    Anunciamos com satisfação o Módulo I da Formação em Yoga, que irá acontecer no próximo mês de Julho de 2017 na belíssima Praia de Itamambuca, em Ubatuba, litoral norte do Estado de São Paulo.

[veja todos]