Buscar resultados por "satya"

A História de Satyakāma

O mestre aceita o menino sem reservas, e lhe propõe uma provação: ficar morando no mato sozinho por um tempo, cuidando do gado. Nesse período, ele será instruído pelos animais selvagens, bem como pelo próprio fogo sagrado, Agni. Finda essa provação, ele recebe a instrução da boca do próprio mestre.

23/10/2013 · 4 mins de leitura >

Māyā: Realidade Ilusória?

Uma vez, um yogi vivia numa densa floresta com seus discípulos. Ele ensinava o desapego e repetia incessantemente para os estudantes que o mundo manifestado é pura ilusão. Um dia, um elefante furioso e faminto atacou a ermida onde eles moravam.

05/05/2020 · 5 mins de leitura >

Cura do Egoísmo, Arāṅyaka Gānam

“O Alimento que chega para aquele que não o compartilha é de fato um desperdício. Essa é a verdade. Eu, o sábio, declaro isto. O Alimento que alguém consome desta maneira não é apenas desperdiçado. De fato, provoca a própria morte da pessoa. Ele não alimenta nem os devas nem os homens que chegam à sua porta como hóspedes, esperados ou não, ou amigos. Comendo sozinho, ele torna-se o parceiro do erro e mais nada”.

15/11/2019 · 6 mins de leitura >

Kenopaniṣad, a Upaniṣad da Grande Pergunta

Edição da Kenopaniṣad completa, com comentários de Swāmi Dayānanda.

05/11/2019 · 11 mins de leitura >

Amṛtabindu, o Néctar da Imortalidade

A Amṛtabindūpaniṣad é um antigo texto védico, vinculado ao Kṛṣṇa Yajurveda, uma das quatro grandes coleções de mantras que constituem o alicerce da tradição védica e, por extensão, de todas as formas de Yoga. Ela é considerada uma Upaniṣad menor. Ou seja, pertence àquele grupo das Upaniṣads que não foram comentadas pelo grande sábio Ādi Śaṅkarācārya. Por outro lado, também é classificada como uma Yogopaniṣad, ou uma Upaniṣad do Yoga.

04/11/2019 · 14 mins de leitura >

Razões para praticar Haṭha na era dos Yogas de marca ®

O Hatha Yoga permite muita flexibilidade e liberdade em termos de investigação pessoal. Isso talvez não atraia pessoas em busca de uma doutrina salvadora, mas pode ser útil para quem não tem receio de assumir a responsabilidade pelo seu próprio crescimento pessoal. Também são dignas de menção, como motivações para esta prática, a adaptabilidade e a abordagem não-dogmática, bem como a instrumentalidade e a capacidade de responder às necessidades de cada pessoa de maneira personalizada e eficiente.

Mantra da Plenitude

Este é um verso [aparentemente] inócuo. Examinando-o, temos o seguinte: um substantivo, dois pronomes, três verbos e uma partícula de ênfase. No entanto, alguém já disse: "Não me importo se todas as Upaniṣads desaparecerem da face da terra, desde que esta estrofe permaneça".Pode um verso pequeno ser tão profundo? "Claro que não. Isso é um total absurdo!” Esta teria sido a resposta de um certo inglês, que não percebeu ser o verso valioso, e muito menos, profundo.

08/09/2019 · 28 mins de leitura >

Absoluto e Relativo

O Absoluto não tem atributos. As palavras que se usam para apontar para o Ilimitado não são o Ilimitado, nem são atributos dele. São apontadores que indicam o Absoluto. Você pode compreender o Ilimitado através da compreensão do Universo como um atributo circunstancial dele. O Ilimitado é manifestado na forma do Universo, transitoriamente. Existia antes, existe agora, existirá depois.

26/08/2019 · 2 mins de leitura >

Mantra da Paz – Taittīriyopaniṣad

Que tenhamos a benção de Indra [a força]. Que tenhamos a benção de Bṛhaspati [o mestre]. Que tenhamos a benção de Viṣṇu, o dos Longos Passos [a Consciência, a sustentação].

04/08/2019 · 57 segundos de leitura >

Tantra, a democratização do Yoga

O Yoga tântrico é audaciosamente afirmativo em suas abordagens metodológicas. Outros sistemas de Yoga dão muito destaque à renúncia e à ausência de desejo como ajuda à libertação. Mas o Tantra Yoga afirma a necessidade de uma satisfação inteligente dos desejos naturais. Nessa visão, não há antagonismo básico entre a natureza e o espírito. A natureza é o poder criativo do espírito na esfera objetiva.

19/05/2019 · 11 mins de leitura >