Swāmi Dayānanda Saraswatī

Swāmi Dayānanda Saraswatī (1930-2015) ensinou a sabedoria tradicional do Vedanta por cinco décadas, na Índia e em todo o mundo. Seu sucesso como professor é evidente no sucesso dos seus alunos: mais de 100 deles são agora Swāmis, altamente respeitados como estudiosos e professores.

Dentro da comunidade hindu, ele trabalhou para criar harmonia, fundando o Hindu Dharma Acharya Sabha, onde chefes de diferentes seitas podem se reunir para aprender uns com os outros.

Na comunidade religiosa maior, ele também fez grandes progressos em direção à cooperação, convocando o primeiro Congresso Mundial para a Preservação da Diversidade Religiosa.

No entanto, o trabalho de Swāmi Dayānanda não se limitou à comunidade religiosa. Ele é o fundador e um membro executivo ativo do All India Movement (AIM) for Seva.

Desde 2000, a AIM vem trazendo assistência médica, educação, alimentação e infraestrutura para as pessoas que vivem nas áreas mais remotas da Índia.

Havendo crescido em uma pequena vila rural, ele próprio entendeu os desafios particulares de acessar a ajuda enfrentada por pessoas de fora das cidades. Hoje, o AIM for Seva estima ter ajudado mais de dois milhões de pessoas necessitadas em todo o território indiano.

94 artigos por Swāmi Dayānanda Saraswatī

Que é o Dharma?

A pessoa liberada, como um ser pleno, não tem mais desejos e sua vida só pode estar em harmonia com tudo que a cerca. É um exemplo vivo de dharma a ser seguido por todos

12/06/2008 · 1 minutos de leitura >

O Caminho Espiritual não precisa ser árduo

Quando viajam para algum lugar, as pessoas apreciam diferentes coisas ao longo do caminho, sem perder de vista o destino final. Com relação ao auto-conhecimento, não é preciso ser diferente. A beleza dessa busca está não apenas no destino a ser alcançado, pois o caminho também é bonito

18/02/2008 · 1 minutos de leitura >

A Meditação no Gāyatrī Mantra

Esse Om que é o todo, é aquele que deve ser compreendido, que deve ser a prioridade daquele que busca a liberdade. É aquele que precisa ser conhecido.

24/03/2007 · 1 minutos de leitura >

Meditação e relaxamento

Relaxamento é a ausência de qualquer forma de resistência. Em qualquer forma de julgamento existe resistência. Se você deixa os fatos serem fatos, sem qualquer julgamento precipitado, sem qualquer forma de resistência, você está relaxado.

01/12/2005 · 3 minutos de leitura >

O Sentido da Vida

Swamiji, qual é o sentido da vida?

23/03/2003 · 10 minutos de leitura >

Livre Arbítrio

Swamiji, tenho dificuldades em reconhecer que existe livre arbítrio. Como é o livre arbítrio?

09/02/2003 · 4 minutos de leitura >

Valores e Vedānta

No décimo-terceiro capítulo da Bhagavad Gita, existem alguns versos que lidam com o que podemos chamar "valores". A Gita denomina esses valores jñanam, que significa conhecimento

27/06/2002 · 6 minutos de leitura >

Dharma é o Natural

A palavra dharma é derivada da raiz sânscrita dhr, que tem certo número de significados, sendo os principais "existir, viver, continuar" e "segurar, suportar, sustentar". A própria palavra dharma acabou sendo usada numa larga variedade de sentidos, a maioria relacionados com as traduções mais comuns: retidão, virtude, dever.

24/05/2002 · 1 minutos de leitura >

Ānanda é Felicidade

Ánanda é um substantivo formado da raiz nand, "regozijar-se", com o prefixo á, que significa "completo". Portanto, ánanda quer dizer "completa felicidade, ou plenitude". Qualquer coisa que seja completa deve ser livre de todas as limitações de tempo, espaço e qualidade.

24/05/2002 · 1 minutos de leitura >

O significado do Mantra Om

Essa sílaba única, Om, vem dos Vedas. Como uma palavra sânscrita, significa avati raksati - aquilo que lhe protege, lhe abençoa. Como se dá essa proteção? É um mantra e é um nome do Senhor. O nome do Senhor lhe protege através da repetição do próprio nome. Pelo nome você reconhece o Senhor. E, portanto, é reconhecimento em forma de oração.

18/05/2002 · 6 minutos de leitura >