Dharma Hindu

Kalki Avatara

As diversas correntes da variada tradição hindu apresentam distintas interpretações sobre quem são e qual é a função dos Avatāras. O termo Avatāra significa “Aquele que Desce”, e indica uma encarnação terrestre da forma divina de Viṣṇu, o Preservador da Criação. Um Avatāra é uma encarnação viva do Divino, nascido de pais humanos, que apresenta uma sucessão de virtudes divinas com características humanas.

03/07/2013 · 5 mins de leitura >

Oriente e Ocidente: olhares diferentes

Tanto no que diz respeito à representação e simbologia das divindades nas diversas espiritualidades, quanto em relação ao tema da consciência, a visão que nos chega da Índia é muito diferente da que estamos acostumados a manejar aqui. Em relação às divindades, entende-se que sejam manifestações da inteligência criativa, presentes tanto na natureza quanto no corpo humano.

27/11/2012 · 3 mins de leitura >

O músico fantasma

Era uma vez um músico muito bom mas muito ciumento, que ensinava seus discípulos menos do que sabia por que não queria concorrência. Ensinava apenas o básico para que os demais pudessem cantar, mas sem lhes mostrar os segredos fundamentais. Um bom dia, morreu de um ataque cardíaco fulminante e se tornou um fantasma, um Brahmarakshasa.

20/03/2012 · 2 mins de leitura >

Um olhar diferente sobre a religião

Este texto nasceu inspirado num retiro guiado por Swāmi Dayānanda em março de 2011 na cidade sagrada de Rishikesh, às margens do rio Ganges. O tema desse encontro foi o diálogo entre Yājñavalkya e Maitreyī, da Bṛhadāraṇyaka Upaniṣad. Embora o assunto religião não seja explicitamente mencionado nesse texto, Swāmijī o trouxe como reflexão durante o retiro, dada sua capital relevância nos dias atuais.

25/09/2011 · 9 mins de leitura >

Mestres Mequetrefes e Gurus de Verdade

É impossível negar a influência que o Yoga tem hoje em dia sobre centenas de milhares de ocidentais. Estrelas de Hollywood, pop stars e atletas famosos estão voltando seus interesses para esta prática que surgiu em tempos neolíticos na Índia. A descoberta de si próprio está na moda!

24/07/2011 · 3 mins de leitura >

Orações

Como você não pode se alimentar por outra pessoa, pode parecer, no entanto, que a oração não possa ser feita para uma outra pessoa. Mas orar não é como se alimentar. Não é como aquele que tem fome e que precisa ser satisfeito. Orar é uma ação, um karma.

07/04/2011 · 10 mins de leitura >

A moeda e o escorpião: uma estória sobre o karma.

Dois jovens amigos empreendem uma jornada, andando de uma vila para outra. No caminho, passam à frente de um templo de Gaṇeśa. Um deles pára para fazer suas preces. O outro, descrente, segue andando, mais devagar. O jovem que ficou no templo o alcança um pouco mais adiante no caminho.

18/03/2011 · 1 mins de leitura >

O que é Nadabrahma?

O mais sutil dos elementos é o espaço. Cada um dos cinco elementos está associado com um sentido. Esse som, nāḍābrahma, é o atributo do elemento espaço, ākāśa. E o som, que se propaga no espaço, é chamado Oṃ.

16/03/2011 · 1 mins de leitura >

O Tempo na Visão Hindu

O dicionário nos diz sobre a palavra tempo: “duração relativa das coisas que cria no ser humano a idéia de presente, passado e futuro; período contínuo e indefinido no qual os eventos se sucedem”. A ideia que surge desta definição, característica de como o ocidente enxerga o tempo, é a de uma progressão linear.

06/01/2011 · 4 mins de leitura >

A puja interior do Gautamiya Tantra

A maneira em que o culto exterior torna-se culto interior é descrita no Gautamya Tantra. Depois de invocar a imagem da Deusa no lótus do coração, deve-se “oferecer o coração como o assento de lótus da deidade; oferecer o néctar divino do lótus sahasrra (centro de energia no topo da cabeça) como a água que lava Seus pés.

31/12/2010 · 53 segundos de leitura >