Conheça

Meditação no Mūlādhāra Chakra

O múládhára chakra governa o instinto de sobrevivência, o sentido do olfato e o elemento prithiví (terra). Esta prática inclui ákásh pránáyáma, naságra drishti, múla bandha, o bíja mantra e a descrição completa do chakra segundo a iconografia tântrica. Esta meditação nos ajuda a viver em harmonia com as leis que governam o nosso corpo.

24/07/2000 · 8 mins de leitura >

A teoria da invasão ariana é um trote

Este extenso artigo, extraído do livro História do Yoga, de Pedro Kupfer, explica o como e o porque da teoria da invasão ariana da Índia

23/07/2000 · 16 mins de leitura >

Evidências que refutam a teoria da invasão ariana

Nas últimas duas décadas, uma enorme quantidade de provas que refutam a teoria da invasão ariana, variadas e convincentes, foram levantadas por cientistas, investigadores e eruditos dos Shastras e de outras fontes literárias, historiadores, arqueólogos, médicos, lingüistas, matemáticos, astrônomos, hidrólogos e geólogos.

23/07/2000 · 15 mins de leitura >

Bibliografia recomendada

A bibliografia disponível para estudar Yoga é assustadoramente vasta, sendo que a imensa maioria dos bons livros está em inglês. Entretanto, existem muitos shástras sérios que nem sequer foram traduzidos do sânscrito ainda.

23/07/2000 · 7 mins de leitura >

A Ciência Védica

A ciência vêdica é um tema tão profundo quanto incompreendido. Devido a uma grande variedade de razões, os estudos vêdicos não receberam a mesma atenção que outras áreas do conhecimento antigo.

23/07/2000 · 8 mins de leitura >

Como medir o corpo pránico?

O súkshma sharíra, aura ou corpo sutil possui três camadas: corpo energético, corpo emocional e corpo mental. Se você não tiver experiência suficiente para senti-lo, e efetivamente ver os chakras e as nádís ou se você não conseguir ainda medir o tamanho do seu corpo sutil, isto pode parecer incompreensível. Então, para que estas afirmações não fiquem no ar, vamos aprender a medir auras e chakras.

23/07/2000 · 4 mins de leitura >

Mitologia Hindu

O panteão hindu constitui uma tentativa formidável (e bem-sucedida) de definir os distintos aspectos da energia que anima o mundo. Sendo estas manifestações reflexo do imanifestado (que pode ser chamado Shiva, Om, Purusha ou Brahman), todas as formas de existência são em essência iguais a ele.

23/07/2000 · 48 segundos de leitura >