Conheça, Dharma Hindu

Ganesha é pop!

Devido à grande divulgação que a cultura indiana está vivendo aqui no Brasil, o deus-com cabeça de elefante, chamado Ganesha, vem se tornando cada vez mais popular

Escrito por Humberto Meneghin · 2 mins de leitura >

Devido à grande divulgação que a cultura indiana está vivendo aqui no Brasil, o deus-com cabeça de elefante, chamado Ganesha, vem se tornando cada vez mais popular. Outro dia, numa feira hippie da minha cidade, vi Ganesha exposto em meio a santos católicos. Era uma estatueta feita em gesso, pintada em dourado. Então, ouvi alguém perguntar quem era Ganesha e o que significava. A vendedora, na melhor das intenções, disse ser Ganesha um santo hindu, o elefantinho que atrai sorte, dinheiro e prosperidade, devotado por aquela personagem principal da novela. Completando, informou que o estava vendendo por quinze reais e que muita saída estava tendo, tudo por causa da moda da Índia nos dias atuais.

Noutra tenda voltada exclusivamente à venda de produtos made in India, como incensos, camisetas com a estampa de deuses hindus e algumas estatuetas, Ganesha também lá estava presente. Quando pedi informações sobre ele, o vendedor me explicou que Ganesha é um deus hindu, removedor de obstáculos, muito popular na Índia, em especial entre os comerciantes. Em uma folha de caderno exibiu o mantra para Ganesha: Om Gam Ganapataye namah, e ainda, me mostrou um incenso cuja embalagem também continha a imagem do deus.

Ganapati, Gananatha, Ganesha, como a maioria dos praticantes do Yoga já sabe, é aquele querido deus das pequenas coisas a quem os hindus recorrem. Ele é um deus simpático, adorado pelas crianças, talvez por em puja oferecerem-lhe um doce de semolina e ghee chamado laddu.

Em qualquer templo hindu Gananatha está presente. A seus pés, além de flores, alimentos e grãos de arroz como evidencias de oferendas, encontramos devotadas e confiantes pessoas de fé fazendo suas preces. Observando-os, podemos notar que seguidamente recitam inúmeros mantras dedicados ao seu querido deus.

Mais flores, incensos e alimentos são oferecidos por devotos conscientes que não estão ali eivados apenas na intenção de receber o que se pede, em um primeiro momento, mas sim imbuídos em crença e amor, sabendo que tudo está certo mesmo que a situação boa não esteja. E, que Ganapati removerá todos os obstáculos trazidos por determinado problema, problema este justamente criado por Gananatha com o único propósito de crescermos como seres humanos habitantes do planeta Terra.

A remoção de obstáculos ligados àquele problema que nos aflige e que parece ser grande a nossos olhos, se você for bem analisar, saberá que tem por fim nos levar à busca de moksha, a libertação. Libertar-se daquela situação específica que nos traz desconforto, libertar-se e dissolver todos os sofrimentos trazidos por obstáculos que a vida nos apresenta, possibilitando o desenvolvimento do Ser, ao mesmo tempo em que certos condicionamentos por nós adotados no decorrer da jornada também possam ser eliminados.

No Brasil não temos templos hindus como na Índia e outros países asiáticos. No entanto, nada impede que os que verdadeiramente prezam Ganesha possam expressar a devoção a esse querido Deus mesmo que a imagem de Ganapati esteja expressa em um cartão postal ou em uma minúscula estatueta.

O simples ato de colocar as mãos unidas junto ao coração em anjali mudra, manter os olhos fechados e buscar a imagem de Ganesha, enquanto se entoa um mantra, já é o suficiente para conectarmos com o removedor dos obstáculos.

A fé dos hindus em Ganapati talvez não remova montanhas, entretanto, ‘Não tomar em vão o nome do Senhor, o teu Deus‘, cabe também a Gananatha ou a qualquer outro deus. Digo isso pois, por incrível que possa parecer, devido à grande popularidade de Ganesha, nos dias atuais, é mais do que comum encontrar o seu nome ou de outra deidade hindu indevidamente ligado a assuntos inapropriados como, por exemplo, o nome de uma casa noturna, de um restaurante que serve sushi.

Exageros à parte, de tudo isso, o que vale mais é devoção verdadeira e ilimitada em Gananatha, que com o machado em uma das mãos está preparado para cortar qualquer obstáculo que se apresente a nossa frente para finalmente nos entregar a flor de lótus da sabedoria e da libertação.

Om Gam Ganapataye Namah!

Mohinī, a Encantadora

Humberto Meneghin em Conheça, Dharma Hindu
  ·   4 mins de leitura
jñānayoga

Jñānayoga em 11 Palavras

Humberto Meneghin em Conheça, Vedānta
  ·   55 segundos de leitura

3 respostas para “Ganesha é pop!”

  1. Oi, se possivel daria para me indicar site que fale mais sobre Ganesha, pois estou fascinada por ele?Obrigada . Suely

  2. Parabéns Humberto!
    Gostei bastante do artigo!
    Rápido, simples e esclarecedor.
    Grande abraço,
    Ana Rosa.

  3. Gostei muito do seu artigo, Humberto! Bem detalhado e antenado com a nossa sociedade ocidental, que de fato, sabe quase tudo sobre Ganesha! Que as pessoas continuem a se interessar ainda mais sobre a cultura hindu para que saibam ao certo do que se trata. Namastê 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *