Conheça, Tantra

Goraksha e os natha yogis

A tradição do Sanatana Dharma associa a criação do Hatha Yoga a Matsyendranatha e ao seu discípulo Gorakshanatha

Escrito por Miguel Homem · 2 mins de leitura >

A tradição do Sanatana Dharma associa a criação do Hatha Yoga a Matsyendranatha e ao seu discípulo Gorakshanatha. Apesar disso, são os próprios natha yogis (cuja linhagem afirmam remontar a Shiva) que designam como Adinatha, o primeiro e principal natha. Natha que significa literalmente ‘senhor’ ou ‘Mestre’ designa os yogis desta tradição.

O interessante desta linhagem é ser verdadeiramente eclética. Apesar da sua associação ao Hinduísmo e da essência Shaiva, as influências do Jainismo e do Budismo são grandes.

Os nathas estão ligados ao movimento Siddha que também permeia a tradição do Budismo Tibetano. Diz-nos Georg Feuerstein ‘Outro notável entre os siddhas foi o budista Nagarjuna, mestre de Tilopa, que por sua vez iniciou Naropa, que foi o guru de Marpa, que foi o instrutor do ilustre yogin e poeta Milarepa. A lista tibetana dos maha-siddhas inclui vários nomes que os hindus também reconhecem.’


Sri Goraksha

Matsyendranatha, por exemplo, é identificado como uma encarnação de PadmapaAi ou como o bodhisattva Avalokiteshvara da tradição do Budismo Tibetano. Avalokiteshvara é chamado de Lokanatha ou Lokeshvar que foi um grande yogi e terá dado origem ao conhecido mantra Om mani padme hum. Existe uma inscrição nepalesa onde se pode ler ‘Os mestres dos yogis chamam-lhe Rei dos Peixes (literalmente Matsyendra); os devotos das deidades femininas chamam-lhe Shakti; Os Budistas chamam-lhe Lokeshvar. Todas as honras a este Ser cuja verdadeira forma é Brahman‘.

Matsyendranatha, também conhecido como Minanatha, figura nas hagiografias tibetanas como um dos oitenta e quatro maha-siddhas.

Gorakshanatha teria sido um monge Budista Vajrayana conhecido como Ramanavajra apresentado ao Shaivismo por Matsyendranatha e que ao tornar-se discípulo deste adoptou o nome de Gorakshanatha.

Embora o Budismo moderno não faça referência à kundalini shakti, Buddha, ensinava sobre ela. De facto, num texto antigo chamado Lalitavistara, que conta a primeira parte da vida de Siddhartha encontra-se uma referência àquela potentia latente no ser humano. O texto enumera algumas práticas levadas a cabo por Siddhartha, algumas descritas pelo próprio.

A verdade é que também Buddha é identificado na Hatha Yoga Pradipika (I-6) como um dos mahasiddhas que, ‘tendo conquistado o tempo por meio do Hatha Yoga, ainda residem no universo’.

Mas as influências não se limitam ao Budismo. Aspectos Jainas também estão presentes. Ambos os filhos de Matsyedranatha, Nimnatha e Parasnathapuja, são considerados santos Jainas.

Mesmo, dentro da sua origem Hindu e apesar da sua essência Shaiva, os natha yogis também têm influência Vaishnava. A Gheranda-Samhita, por exemplo é um texto Vaishnava. Mesmo a Shiva Samhita, um texto Shaiva, enuncia como um dos meios para o sucesso fazer a kirtans para Vishnu (3.35).

Segundo algumas fontes Gorakshanatha terá vivido antes do século VIII, mas outros colocam-nos mais tardiamente, no século IX ou X.

A vida de Gorakshanatha terá sido tão fabulosa e inspiradora para aqueles que com ele conviveram que a sua fama ultrapassou a do seu Mestre. Os seus seguidores ficaram conhecidos como Kanphata Yogis por referência ao costume de furaram as orelhas com enormes brincos. Os Gorakshnathis seguem a tradição dos Nathas e dos oitenta e quatro Siddhas.

Miguel Homem é professor de Yoga em Porto, Portugal. Seu website é www.dharmabindu.com.

4 respostas para “Goraksha e os natha yogis”

  1. Goraksa Natha, passou doze anos em disciplina no campo de cremação, o que é considerado um feito. Apesar de grande siddha, ele não foi um monge budista. Em Kayabodhi, atribuído ao próprio Goraksanath, há um comentário que parece esclarecer sua origem pashvArambhaka – abatedor de animais. Se a palavra aranbha significa matança sacrificial, Goraksa não pode ter sido um budista antes de se tornar discípulo de Matsyendra.

  2. Gostei, muito esclarecedor, sou professor de yoga, abençoados são os mestres de hatha de yoga que mantiveram vivo esta pratica tão abençoada.

  3. “A book written by a Nath ji for the world. A free book, no costs.
    Mahant Yogi Surajnath ji has written this book some years ago, which is titled as “INSIGHT INTO MEDITATION AND YOGA” by “Surajnath” 2013.
    It’s a simple but true book for all those interested in Yoga. It presents not only some techniques, practice, but the teachings also along with them : theory & practice.
    He has not only given up a professional career when he became a Nath, but also enquired with open & serious mind. And enquiry & learning is timeless work – as he or any seers say. His English is pretty good; & linguistically, he got the text edited from his friend & first disciple, Ian Duncan/Bhagavan Nath.
    Please have a time to take a look.
    Alakh Niranjan …

    http://www.nathyoga.org
    (click on the ball icon at the page to download/ clique na bola no site para baixar)

    Um livro escrito por um respeitoso Nath para o mundo. Um livro gratuito.
    Mahant Yogi Surajnath ji Maharaj escreveu esse livro ao longo de anos, que é chamado “INSIGHT INTO MEDITATION AND YOGA, por Surajnath” 2013.
    Um livro simples, porém verdadeiro para todos interessados em Yoga. Ele apresenta não apenas algumas técnicas, práticas, mas também nos ensinamentos conjuntos a elas: teoria e prática.
    Ele não apenas largou uma carreira profissional para se tornar um Nath, mas também fez uma busca aberta e profunda. Essa busca e aprendizado é um trabalho eterno, tal como ele e outros assim o dizem. Seu inglês é muito bom, porém sendo a linguística do texto de seu livro editada por um amigo que veio a ser seu primeiro discípulo, Ian Duncan / Bhagavan Nath ji.
    Por gentileza, tomem um tempo para dar uma lida.
    Alakh Niranjan…

  4. Gostaria apenas informar que no penúltimo parágrafo; quarta linha está escrito “costume de furaram”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *