Conheça, Vedānta

Precisamos Acreditar no Ilimitado?

Como professor de aritmética, você não quer que seus alunos "acreditem" que 2+2=4, mas que compreendam o conceito de adição e possam fazer futuramente suas próprias contas e aplicar esse conceito para resolver questões práticas na vida. Isso exclui a fé, ou a crença na palavra de quem ensina.

· 1 mins de leitura >
Precisamos acreditar na ciência?

Perguntar se precisamos acreditar no Ilimitado é mais ou menos como perguntar se precisamos acreditar na ciência.

Imagine que você é um professor de aritmética e está ensinando aos seus alunos que 2+2=4.

Você já explicou os números e eles conhecem também o significado da palavra somar. Então, você dá um exemplo com algumas laranjas sobre a mesa e pergunta: “entenderam?”

A resposta que você espera é um “sim” ou um “não”. No primeiro caso você fica satisfeito; no segundo caso, vai explicar tudo de novo.

Porém, o que você não espera é que alguma criança responda isto: “não entendi nada, mas acredito no senhor”.

Você não quer que seus alunos “acreditem” que 2+2=4, mas que compreendam o conceito de adição e possam fazer futuramente suas próprias contas e aplicar esse conceito para resolver questões práticas na vida. Isso exclui a fé, ou a crença na palavra de quem ensina.

Com Īśvara é igual: Īśvara não é um objeto de fé, mas uma verdade que não pode ser negada, e que deve ser compreendida, pois é a realidade daquele que está lendo isto agora, que é a Consciência Ilimitada.

Quando o Yoga expõe que Īśvara não é uma crença e convida o praticante a enxergar o inteiro universo como manifestação do Ilimitado, para o yogin não interessa se os cientistas chamam Īśvara de Natureza, ou Lei Natural, ou o que seja, e tampouco interessa se a ciência não dá um nome a essa realidade.

Uma crença é o processo mental de quem acredita ou tem fé na existência de alguma coisa, que não necessariamente coincide com aquilo que chamamos realidade. Īśvara é a própria realidade.

Īśvara é a totalidade das leis naturais, a totalidade da tabela periódica dos elementos, a totalidade dos seres vivos, todos e cada um. Īśvara está presente em tudo e em todos.

acreditar

॥ हरिः ॐ ॥

Bom, esta foi uma brevíssima introdução à compreensão de Īśvara na nossa vida. Recomendamos ao amigo leitor que, a partir deste ponto, continue o estudo com estas outras leituras:

Īśvara no Yoga: Praticar Vida? | Parte 1
Īśvara no Yoga: Karma e Dharma | Parte 2
Īśvara no Yoga: o Yoga da Vida | Parte 3

A Meditação na Tradição do Yoga | Parte 1
A Meditação na Tradição do Yoga | Parte 2
A Meditação na Tradição do Yoga | Parte 3
A Meditação na Tradição do Yoga | Parte 4

Veja aqui um lindo texto (em inglês) do incrível Swāmi Parāmarthānanda com uma profunda explanação sobre o Tattva Bodha, que aborda essa compreensão.

+ Vedānta em português aqui

॥ हरिः ॐ ॥

Pedro nasceu no Uruguai, 54 anos atrás. Conheceu o Yoga na adolescência e pratica desde então. Aprecia o o Yoga mais como uma visão do mundo que inclui um estilo de vida, do que uma simples prática. Escreveu e traduziu 10 livros sobre Yoga, além de editar as revistas Yoga Journal e Cadernos de Yoga e o website www.yoga.pro.br. Para continuar seu aprendizado, visita à Índia regularmente há mais de três décadas.
Biografia completa | Artigos

namaste

Namaste, Palavra Mágica do Yoga

Pedro Kupfer em Conheça, Sociedade
  ·   3 mins de leitura
Cosmovisão

A Cosmovisão do Tantra

Pedro Kupfer em Conheça, Tantra
  ·   3 mins de leitura

Guru Pūrṇima, a Lua do Mestre

Pedro Kupfer em Conheça, Dharma Hindu
  ·   2 mins de leitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *