Pratique, Yoga na Vida

Conselhos de Gandhi para estas eleições

Minha devoção à verdade empurrou-me para a política; posso dizer com toda a humildade que não entendem nada de religião aqueles que afirmam que ela nada tem a ver com a política

Escrito por Editores do yoga.pro.br · 1 mins de leitura >

Nesta, que passa por ser uma das eleições mais deprimentes da história recente do Brasil, por conta do festival de desfaçatez, mentiras, corrupção e amoralidade, cabe lembrarmos alguns conselhos de Mahatma Gandhi, sobre como não escolhermos os nossos candidatos.

Mahatma Gandhi enumerava sete razões para a decadência social. Elas são:

1. Riqueza sem trabalho;
2. Prazer sem sacrifício;
3. Conhecimento sem sabedoria;
4. Comércio sem moral;
5. Política sem idealismo;
6. Religião sem ética;
7. Ciência sem humanismo.

Se você percebe que algum desses candidatos que querem seu voto reunir dois ou mais desses defeitos, não vote nele!

Mais algumas frases de Gandhi vinculadas à reflexão em torno das nossas pobres escolhas nestas tristes eleições:

‘Uma coisa lançou profundas raízes em mim: a convicção de que a moral é o fundamento das coisas, e a verdade, substância de qualquer moral. A verdade tornou-se meu único objetivo. Ganhou importância a cada dia. E também a minha definição dela foi constantemente ampliado-se.’

‘Minha devoção à verdade empurrou-me para a política; e posso dizer, sem a mínima hesitação, e também com toda a humildade que não entendem nada de religião aqueles que afirmam que ela nada tem a ver com a política.’

‘O erro não se torna verdade por se fundir e multiplicar facilmente. Do mesmo modo a verdade não se torna erro pelo fato de ninguém a ver.’

‘Odeio o privilégio e o monopólio. Para mim, tudo o que não pode ser dividido com as multidões é tabu.’

Namastê!

Quem foi Mahatma Gandhi?

Mohandas Karamchand Gandhi, mais conhecido popularmente por Mahatma Gandhi (Mahatma, do sânscrito “grande alma”) foi um dos idealizadores e fundadores do moderno estado indiano e um influente defensor do Satyagraha (princípio da não-agressão, forma não-violenta de protesto) como um meio de revolução.

Gandhi ajudou a libertar a Índia do governo britânico, inspirando outros povos coloniais a trabalhar pelas suas próprias independências e em última análise para o desmantelamento do Império Britânico e sua substituição pela Comunidade Britânica (Commonwealth). O princípio do satyagraha, freqüentemente traduzido como “o caminho da verdade” ou “a busca da verdade”, também inspirou gerações de ativistas democráticos e anti-racistas, incluindo Martin Luther King e Nelson Mandela. Frequentemente Gandhi afirmava a simplicidade de seus valores, derivados da crença tradicional hindu: verdade (satya) e não-violência (ahimsa).

Fonte: Wikipédia, http://pt.wikipedia.org/wiki/Mahatma_Gandhi

6 respostas para “Conselhos de Gandhi para estas eleições”

  1. Esqueci de escrever, no comentário que enviei ainda há pouco, o meu muito obrigada aos editores do yoga.pro.br. Sempre posso, leio os textos. Namaste.

  2. Em uma democracia, o crescimento de uma nação vem através de experiências. Portanto, devemos desconfiar do candidato com discurso salvacionista e, também ter em mente: as sementes do bem plantadas hoje serão colhidas muitos anos depois.

  3. “Discernimento constante é o meio para destruir a ignorância.”

    Se nossos políticos tivessem um pouco de bom senso e de discernimento, viveríamos melhor e de uma forma mais justa. Só nos resta tentar achar, dentre eles, aquele que nos parece ter conciência do que realmente significa ser um político.

    Namaste.

  4. Eu e minha família estamos todos avaliando as propostas dos nossos candidatos, e confesso que estamos receosos. Bom seria se nossos políticos imitassem apenas um pouco esse nosso grande líder da paz. Que bom contar com conselhos úteis como os de Gandhi.

    Sempre que posso entro neste site. Acho maravilhoso.

    Grata e namaste.

  5. São super importantes os toques de Gandhi e também todo o trabalho deste site, que eu curto todos os dias.
    Obrigado a todos!
    Muita paz!

  6. Achei importantíssimo esse artigo para todos nós que temos dúvidas na escolha de nossos candidatos. Acho tão importante que peço permissão para copiar o artigo e afixar no mural da escola onde trabalho. Esperarei um retorno de vocês.

    Muito grata.

    Namaste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *