Pratique, Yoga na Vida

A Felicidade não é uma Emoção

A nossa civilização emocionaliza excessivamente a felicidade. Felicidade é o que você é. Swāmi Dayānanda, meu mestre, sempre evitou traduzir ānanda como felicidade para nos mostrar que isso que chamamos ānanda e traduzimos como felicidade, não é um sentimento que vem e que vai, mas a nossa própria natureza.

· 1 mins de leitura >

O Amor não é um Sentimento, a Felicidade não é uma Emoção

A nossa civilização emocionaliza excessivamente a felicidade. Felicidade é o que você é.

Swāmi Dayānanda, meu mestre, sempre evitou traduzir ānanda como felicidade para nos mostrar que isso que chamamos ānanda e traduzimos como felicidade, não é um sentimento que vem e que vai, mas a nossa própria natureza.

Você é Ilimitado, e esse Ilimitado que você é, não pode nunca restringir-se a algo que vem e que vai. Assim, o Ilimitado não é bem-aventurança ou beatitude, mas ausência de limitação, ananta.

Emoção

E, até na eventualidade de traduzirmos ānanda como felicidade, não devemos compreender felicidade como uma emoção passageira, que possa antepor-se a outras emoções como raiva, tristeza ou medo.

Como esse Ilimitado que você é não tem atributos nem qualidades, seria errôneo pensar que ele (você) possa reduzir-se à dimensão emocional apenas. Portanto, ānanda significa ananta, ausência de limitação.

Todas as emoções e todos os pensamentos são como “reflexos”, ou manifestações psíquicas desse Ilimitado que é você.

Compreendendo isso, podemos apreciar emoções e pensamentos como expressões psicológicas dessa Ordem Plena, que é o que somos. Esse Ser Ilimitado que é você, e designado com o termo pūrṇatvam, que quer dizer Plenitude.

Olhando para nós mesmos através desse prisma do autoconhecimento, ficamos livres da crença de que é necessário “experienciar” o Ser, ou que precisemos sentir algo diferente daquilo que sentimos na nossa vida cotidiana.

Assim, portanto, resolvemos todos os eventuais conflitos sobre o tema e vivemos em paz.

॥ हरिः ॐ ॥

Sugestão: Chaves para a Felicidade
+ autoconhecimento
aqui e aqui

॥ हरिः ॐ ॥

Pedro nasceu no Uruguai, 54 anos atrás. Conheceu o Yoga na adolescência e pratica desde então. Aprecia o o Yoga mais como uma visão do mundo que inclui um estilo de vida, do que uma simples prática. Escreveu e traduziu 10 livros sobre Yoga, além de editar as revistas Yoga Journal e Cadernos de Yoga e o website www.yoga.pro.br. Para continuar seu aprendizado, visita à Índia regularmente há mais de três décadas.
Biografia completa | Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *