Āsana, Pratique

Purvottanasana, o alongamento frontal

Esta postura é uma compensação natural do paschimottanasana, pois trabalha para fortalecer as costas, que foram alongadas naquela posição

Escrito por Pedro Kupfer · 1 mins de leitura >

Tradução do nome desta postura:

Purva = “oriental”, a parte frontal do corpo, uttana = alongamento intenso ==> “postura do alongamento intenso da parte anterior do corpo”

Esta postura é uma compensação natural do paschimottanasana, pois trabalha para fortalecer as costas, que foram alongadas naquela posição.

Ao mesmo tempo, alonga e fortalece a musculatura do abdômen e do ventre.

Elas devem ser feitas em seqüência: primeiro, paschimottanasana; depois, purvottanasana.

Dicas de execução:

A partir de dandasana, com as pernas estendidas e unidas frente ao tronco, apoie a região lombar e coloque os cotovelos no chão.

No lugar que os cotovelos tocaram o chão, coloque as palmas das mãos.

Estenda as pernas, apoie se for possível as plantas dos pés unidas.

Mantenha as pernas estendidas. Se tiver dificuldade, ou sentir muita pressão ou dor na região lombar, flexione os joelhos, mantenha as canelas perpendiculares e o tronco paralelo ao chão.

Sugue o baixo ventre e o períneo (mula e uddiyana bandha).

Eleve-se sobre as mãos inspirando.

Apoie bem as palmas, especialmente os metacarpos.

Perceba se os ossos ilíacos estão paralelos ao chão.

O pescoço permanece alongado e relaxado, evitando jogar ou soltar o peso da cabeça para trás.

Os ombros ficam para trás e para baixo, abertos. As axilas estão afastadas entre si.

Concentre-se na região do coração e a garganta (ahahata e vishuddha chakra), mantendo a ponta da língua apoiada no céu da boca (khechari mudra).

Perceba como este exercício estimula sua vitalidade.

Atenção:

Estas dicas não substituem um professor de Yoga. São disponibilizadas apenas para que o praticante possa aprimorar sua técnica e sua prática pessoal. No início, a prática sob a supervisão cuidadosa de um instrutor preparado e competente é essencial para o sucesso na prática, bem como para evitar lesões. O autor não se responsabiliza pelo mal uso que possa ser feito destes textos.

Desiderata

Desiderata

Pedro Kupfer em Pratique, Yoga na Vida
  ·   20 segundos de leitura

Āsanas para fortalecer a lombar

Pedro Kupfer em Āsana, Pratique
  ·   8 mins de leitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *