Começando, Pratique

Yoga Systems: lançamento no Brasil!

Para atender à demanda sempre crescente por novidades nas academias, visto que o Ashtanga Vinyasa e o Power Yoga estão começando a dar sinais de esgotamento, estamos promovendo o lançamento exclusivo aqui no Brasil do Yoga Systems

Escrito por Pedro Kupfer · 1 mins de leitura >

Para atender à demanda sempre crescente por novidades nas academias, visto que o Ashtanga Vinyasa e o Power Yoga estão começando a dar sinais de esgotamento, estamos promovendo o lançamento exclusivo aqui no Brasil do Yoga Systems, pacote de quatro métodos perfeitamente adaptados ao homem dinâmico do século XXI e ao ritmo frenético dos grandes centros urbanos.

Para tanto, estamos seguindo a tendência das grandes franquias multinacionais, como a Body Systems, que entra nas academias com um pacote fechado de métodos para exercitar-se (Body Pump, Body Fight, Body Expiatório, Tô Body-ado, etc.). O Yoga Systems promove e renova o interesse pelo Yoga nas academias de ginástica, visto que introduz modificações substanciais nas práticas a cada três meses, para não cansar os praticantes com técnicas maçantes e repetitivas.

Este lançamento é promocionalmente isento de taxas de franquia e pode ser utilizado por qualquer professor de Yoga suficientemente esperto e ambicioso. Os métodos são 100% seguros e foram exaustivamente testados no nosso laboratório de idéias. Tem para todos os gostos. Veja só:

Lamba Yoga: modalidade para atingir o samadhi ‘areando a fivela’, como se diz no nordeste. Neste método, partindo da posição básica da lambada, os praticantes esfregam seus ventres freneticamente enquanto pivotam pela sala, evitando colidir com as outras duplas. Deixa os vinyasas do Ashtanga no chinelo! Mantra inicial: ‘a Macarena’. Posição fundamental: lambásana. Variações: lambasthithih I e II.

Yoga Fight: método de luta tântrica sem quimono, exclusivo para casais, que combina criativamente posturas do Kama Sutra, o Jiu-jitsu e o Yoga. Estimulante, fácil e prazeroso. Mantra: ‘Turn the lights down low’ (‘Diminua as luzes’), de Bob Marley. Por ser de linhagem tântrica, admite uma champanhezinha no início da prática (brinde da academia!).

Hidro Yoga: modalidade para entrar em samadhi meditando sentado no fundo de uma piscina, sem usar equipamentos auxiliares para respirar. Este método é potencialmente perigoso e deve ser usado somente por pessoas com grande capacidade pulmonar. Mantra inicial: Glum, Glum, Glum… Ásana fundamental: matsyásana, a postura do peixe.

Capo Yoga: este método integra magistralmente duas manifestações culturais distantes porém irmãs: a brasileira e a indiana. Fusiona criativamente o jingado da capoeira com os vinyasas e posturas do Yoga, formando belíssimas coreografias de luta/dança que ainda são enriquecidas por mudras dirigidos ao oponente. Usa-se acompanhamento musical com atabaques e palmas. Você pode aproveitar para tirar a poeira daquele berimbau que comprou em Salvador nas últimas férias e lucrar devidamente com ele. Mantra: ‘Capo Yoga é defesa e ataque, é ginga de corpo, é malandragem’. Garantia de sala cheia!

Desiderata

Desiderata

Pedro Kupfer em Pratique, Yoga na Vida
  ·   20 segundos de leitura

Āsanas para fortalecer a lombar

Pedro Kupfer em Āsana, Pratique
  ·   8 mins de leitura

6 respostas para “Yoga Systems: lançamento no Brasil!”

  1. Além de bom humor como sempre, o Pedro esta de parabéns por suas publicações. É uma realidade “normótica” essa do Yoga nas academias… Infelizmente, o mais triste disso é ver pessoas que se dizem professores de Yoga nesse meio, mas.. cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é. Om!

  2. Adorei a criatividade do texto Pedro. Realmente, o Yoga é capaz de expandir a consciência e nos tornar pessoas mais criativas e atuantes. Yoga System, essa é ótima! Fiquei só imaginando o CapoYoga: Titantan Ommmmm…

    Namaste.

    🙂

    Mariana.

  3. Este site, sem dúvida, é um dos melhores do Brasil, quando o assunto é Yoga, pois encontra-se nele todo tipo de artigo (até aquilo que não se imagina!).

    Parabéns ao Pedro por mais um grande feito, de superação, ao estender o Yoga a níveis cada vez mais populares, mostrando que dentro desse caminho tem lugar para todo mundo.

    No mínimo interessante, esse artigo por si só já traz à tona um sentimento bom em relação ao Yoga, e comprova que quem o pratica(realmente) tem um espírito eternamente jovem e bem humorado.

    Apesar de o Yoga permanecer, as coisas insistem e seguem a mudar.

    Valeu, Pedro! Um abraço e tudo de Om!

  4. E aí, pessoal? Fico muito feliz quando lemos coisas bacanas sobre a pratica de Yoga. Se é este ou aquele método, não importa! Que tal nos atermos às questões da prática somente? Acredito que, quando fazemos esses comentários sobre o melhor ou o pior método, estamos fomentando uma grande disputa entre professores, mas tem lugar para todos. Em cada momento de nossas vidas buscamos determinadas técnicas que naquele momento nos fazem melhor. Vamos praticar, galera!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *