Pratique, Yoga na Vida

Ser, Amor: Ser Amor

Amor é uma expressão de ānanda, da sua própria felicidade. Quando você age de maneira amorosa, as suas ações retornam para você na forma de amor. Assim você aprende a amar. Você não vai ser amado pedindo para as pessoas que lhe amem, mas agindo amorosamente.

Escrito por Swāmi Dayānanda Saraswatī · 1 mins de leitura >

Qual é a conexão entre o amor e o Ilimitado?

Brahman é o Ser ilimitado, que é ānanda, plenitude. Amor é uma expressão desse ānanda, da sua própria felicidade, da sua própria plenitude. Quando você age de maneira amorosa, as suas ações retornam para você na forma do amor.

Assim você aprende a amar. Você não vai ser amado pedindo para as pessoas que lhe amem, mas agindo amorosamente. O amor como substantivo pode ser complementado pelo amor como adjetivo: agir de maneira amorosa.

Quando você se preocupa pelo meio-ambiente, por exemplo, por menor que seja a ação que você faz, ela tem um eco, tem um resultado.

amor

Quando eu era criança e morava num vilarejo do interior de Tamil Nadu, eu costumava andar pelas plantações, à pedido da minha mãe, que dizia que as plantas tinham que me ver, tinham que me sentir.

Ela dizia que eu tinha que cuidar, tinha que me preocupar com o bem-estar das plantas daquele lugar, que era nosso.

Essa tarefa que ela me encomendava é uma expressão da afeição, ela me ensinou a amar as plantas dessa maneira. Ela tinha razão: era muito sensível, simples e tinha valores. Isso foi importante para minha formação.

Assim, quanto mas amorosamente você agir, quanto mais cuidadoso, compassivo e atento você for, mais confiante e menos inseguro você fica. Dessa maneira, terá mais Īśvara em sua vida, pois você inclui o Todo, mesmo que seja num nível pequeno.

Precisamos dessa “pessoa expandida” para podermos crescer. Essa é a conexão entre o amor e Brahman.

॥ हरिः ॐ ॥

Para continuar com o tema, sugerimos esta aula de Swāmi Dayānanda sobre a autoestima:

+ de Swāmi Dayānanda aqui

॥ हरिः ॐ ॥

Swāmi Dayānanda Saraswatī (1930-2015) ensinou a sabedoria tradicional do Vedanta por cinco décadas, na Índia e em todo o mundo. Seu sucesso como professor é evidente no sucesso dos seus alunos: mais de 100 deles são agora Swāmis, altamente respeitados como estudiosos e professores.

Dentro da comunidade hindu, ele trabalhou para criar harmonia, fundando o Hindu Dharma Acharya Sabha, onde chefes de diferentes seitas podem se reunir para aprender uns com os outros.

Na comunidade religiosa maior, ele também fez grandes progressos em direção à cooperação, convocando o primeiro Congresso Mundial para a Preservação da Diversidade Religiosa.

No entanto, o trabalho de Swāmi Dayānanda não se limitou à comunidade religiosa. Ele é o fundador e um membro executivo ativo do All India Movement (AIM) for Seva.

Desde 2000, a AIM vem trazendo assistência médica, educação, alimentação e infraestrutura para as pessoas que vivem nas áreas mais remotas da Índia.

Havendo crescido em uma pequena vila rural, ele próprio entendeu os desafios particulares de acessar a ajuda enfrentada por pessoas de fora das cidades. Hoje, o AIM for Seva estima ter ajudado mais de dois milhões de pessoas necessitadas em todo o território indiano.

Escrito por Swāmi Dayānanda Saraswatī
Swāmi Dayānanda Saraswatī (1930-2015) ensinou a sabedoria tradicional do Vedanta por cinco décadas, na Índia e em todo o mundo. Seu sucesso como professor é evidente no sucesso dos seus alunos: mais de 100 deles são agora Swāmis, altamente respeitados como estudiosos e professores.

Dentro da comunidade hindu, ele trabalhou para criar harmonia, fundando o Hindu Dharma Acharya Sabha, onde chefes de diferentes seitas podem se reunir para aprender uns com os outros.

Na comunidade religiosa maior, ele também fez grandes progressos em direção à cooperação, convocando o primeiro Congresso Mundial para a Preservação da Diversidade Religiosa.

No entanto, o trabalho de Swāmi Dayānanda não se limitou à comunidade religiosa. Ele é o fundador e um membro executivo ativo do All India Movement (AIM) for Seva.

Desde 2000, a AIM vem trazendo assistência médica, educação, alimentação e infraestrutura para as pessoas que vivem nas áreas mais remotas da Índia.

Havendo crescido em uma pequena vila rural, ele próprio entendeu os desafios particulares de acessar a ajuda enfrentada por pessoas de fora das cidades. Hoje, o AIM for Seva estima ter ajudado mais de dois milhões de pessoas necessitadas em todo o território indiano.
Perfil
Desiderata

Desiderata

Swāmi Dayānanda Saraswatī em Pratique, Yoga na Vida
  ·   20 segundos de leitura

17 respostas para “Ser, Amor: Ser Amor”

  1. Lindo!! Me tocou profundamente!! É só assim que eu sei viver!! Amando!!!

  2. ….Como são doces…claras e simples a palavras do Swamiji …mesmo reeditadas…:-)… é tanta gratidão quando esse ensinamento chega a mim …seja do jeito que for …por palavras escritas ou faladas através de seus dicípulos ….Que bom que esse site existe …o Swamiji existe …a Glóriaji … e o Pedroji tbm…rs…Grata Namastê!!!!!

  3. Caro amigo, obrigado pela sua mensagem, espero que todos tenham conhecimento de que o amor é a unica forma para o crescimento espiritual!

  4. Pedrón,

    De fato este satsang do Swamiji foi o mais especial entre todos estes que tivemos a sorte de assistir em todas as viagens!
    Que de fato possamos assimilar e viver este ensinamento!
    Abração!

  5. Obrigado, Pedro.
    Textos com estes fazem bem ao coração e nos mostra com ensinamentos tão simples,puro e profundo influenciam a vida de todos em nossa volta.
    Obrigado e até breve.

  6. Simples assim 🙂

    As palavras do Swamiji fazem muito sentido para mim! Total gratidão por este homem que também abriu os meus olhos!

    Pedro querido, obrigada por partilhar, por ensinar e por nos manter conectados com a essência!

    Tudo de bOMMM

  7. Obrigado Pedro por fazer chegar até nós, palavras tão inspiradoras como estas.
    Pessoalmente este texto expandiu meu coração. Poderia prolongar e reflectir todo o sentido que este texto faz para mim, principalmente nos tempos que correm…mas fico apenas com estas palavras: Sat-Chit- Ananda. Besito

  8. Estes últimos textos postados aqui são realmente muito bons… simples, porém profundos nos ensinamentos!

    Muito obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo: Aik Alif