Conheça, Vegetarianismo e Sociedade

Teste: Estou numa Seita?

Acreditamos que, dado que de fato há seitas prosperando no meio do Yoga, deveríamos convidar nossos leitores a refletirem e avaliarem os grupos nos quais praticam. Para tanto, traduzimos, com pequenas adaptações, o presente teste, de autoria de Madeleine L. Tobias e Janja Lalich. Quiçá assim possamos ajudar alguém a libertar-se dessas relações tóxicas e instituições nefastas.

Escrito por Madeleine L. Tobias e Janja Lalich · 4 mins de leitura >

Como saber se estou numa Seita?

Acreditamos que, dado que de fato há seitas prosperando no meio do Yoga, deveríamos convidar nossos leitores a refletirem e avaliarem os grupos nos quais praticam.

Para tanto, traduzimos, com pequenas adaptações, o presente teste, de autoria de Madeleine L. Tobias e Janja Lalich, no livro Captive Hearts, Captive Minds. Quiçá assim possamos ajudar alguém a libertar-se dessas relações tóxicas e instituições nefastas.

Imprima e faça o teste, pensando se você viveu alguma ou várias das situações aqui descritas. Responda sim ou não a cada uma das perguntas, faça sua conta e leia o texto final.

1. Ao entrar nesse grupo, você estava num ponto morto ou confuso de sua vida?

2. Você tinha relações familiares ou sociais pouco satisfatórias?

3. Ao entrar, percebeu um entusiasmo exagerado da parte do grupo?

4. Teve que substituir suas ideias por outras?

5. Teve que abandonar coisas que eram importantes para você?

6. Sentiu alguma vez manipulação e/ou exploração?

7. Não sabia o que dizer ante o raciocínio dos líderes?

8. Fizeram você sentir que deveria assumir novas obrigações ou deveres morais?

9. Você precisa doar grande parte de seu tempo ao grupo?

10. Você tem que pagar muito ou cada vez mais dinheiro para ficar dentro do grupo?

11. Você substituiu suas relações pessoais pelas relações com o grupo?

12. O líder do grupo exerce grande autoridade?

13. Controlam sua vida, opiniões, sentimentos ou atos?

14. Existem códigos ou indicações de conduta e/ou pensamento?

15. Você se percebe muitas vezes no limite de suas forças?

16. Você fala sempre dos mesmos temas com os demais do grupo?

17. Você sente falta de tempo livre para informar-se sobre outros assuntos?

18. Não se permite a crítica dentro do grupo?

19. Você faz sempre todo o que pode para agradar ou concordar sempre com o líder?

20. Você acredita que moralmente existem dois pesos e duas medidas dentro do grupo?

21. Os líderes são designados misteriosamente ou recebem instruções do além?

22. O grupo tem uma missão revolucionária no mundo?

23. O grupo precisa ter cada vez mais poder e influência?

24. Exigem que você faça trabalhos de divulgação na mídia, ou busque contatos ou patrocínios, ocultando os verdadeiros fins do grupo?

25. Você se sente pequeno, mudo ou fraco ante o líder?

26. Você percebe que está fechando-se cada vez mais em si mesmo?

27. Você percebe que está esquecendo cada vez mais de si mesmo?

28. Você faz orações, mantras, ritos ou rituais cujo objetivo é beneficiar o líder do grupo?

29. O grupo tem roupas, símbolos, emblemas ou gestos especiais e/ou secretos?

30. Você precisou realizar compromissos ou demonstrações de algum tipo perante os líderes?

31. Você lê livros sagrados ou reveladores, exclusivos do grupo?

32. Proíbem-se outros tipos de leitura?

33. Proíbem-se outros tipos de atividade que as executadas dentro do grupo?

34. Você é obrigado a fazer confissões orais ou escritas?

35. Insiste-se na lealdade eterna?

36. Seu sucesso, fortuna, status, planos ou felicidade nem sempre são bem vistos?

37. Você é convocado com frequência para reuniões que não pode perder por nada no mundo?

38. O que se fala no grupo é sempre melhor para o grupo do que para você?

39. Você se sente dependente do grupo?

40. Faz tempo que você não diz “não” ao grupo?

41. Faz tempo que você não se ausenta por longos períodos do grupo?

42. O líder tem sempre uma resposta pronta para tudo?

43. Você ouve dizer que o plano do grupo não pode falhar, se cada um faz o que lhe é mandado?

44. Tenta-se criar um ambiente especial no local de reuniões?

45. É o líder representante de algum ser superior ou mestre invisível?

46. Exigem-se normas de ‘pureza’?

47. Maneja-se o conceito de ‘pecado’ ou ‘karma negativo’?

48. Dizem que existe uma ciência sagrada ou superior à ciência moderna?

49. Usam uma linguagem especial, que ‘os de fora’ não entendem?

50. As promessas não cumpridas do grupo são mais do que as cumpridas?

51. Alguém no grupo controla ou monopoliza a distribuição da informação?

52. Há instruções, propaganda ou controle internos?

53. Você acredita conhecer bem o líder?

54. Seus sentimentos em relação a ele são ambivalentes?

55. Você não entende totalmente as opiniões do líder?

56. Você percebeu alguma vez atitudes não racionais ou teatrais em seu líder?

57. Supõe-se que o líder tem certos poderes que você não viu ainda?

58. Você descobriu técnicas de controle ou marketing sendo aplicadas a si mesmo?

59. Abusaram de você em algum momento?

60. Você sofreu algum tipo de assédio ou pressão para participar de encontros íntimos?

61. Você acredita que sua vida privada é insignificante?

62. Tomam as demais pessoas do grupo decisões por você mesmo?

63. Você se flagra sem saber o que fazer ou pensar?

64. Seus estudos ou aprendizagem no grupo parecem não ter fim?

65. Você consultou em algum momento opiniões contrárias ao grupo?

66. Quando o grupo ficou sabendo, houve atitudes de desprezo ou agressão?

67. Você acredita que o grupo mistura ensinamentos com doutrinação?

68. É o líder enormemente importante para o grupo e o mundo?

69. A captação de novos membros é fundamental?

70. Você precisa pagar cada coisa que o grupo lhe dá?

71. As críticas levam à expulsão o ao castigo?

72. Alimenta-se uma imagem exterior que está muito acima da realidade do grupo?

73. O líder dá as indicações sobre todos ou quase todos os aspectos da vida?

74. Os membros sentem-se superiores ao resto dos humanos?

75. O grupo tem ou já teve problemas legais ou sociais?

76. O grupo não se sente responsável ante as autoridades?

77. O grupo ensina que a moral habitual não se aplica a seus membros?

78. Diz-se que as relações sexuais devem servir ao grupo, direta o indiretamente?

79. Dá-se grande importância a mostrar-se sempre correto ante os demais para preservar a imagem do grupo?

80. A sobrevivência do grupo vem antes do que a sua?

Total de respostas ‘sim’:

Total de respostas ‘não’:

Se as respostas afirmativas forem mais do que as negativas, é certo que você seja um membro de uma seita, que está passando pelo processo de perceber onde se meteu.

Nesse caso, este é o momento de afastar-se de tudo e de todos e parar para refletir. Se tiver dúvidas, leia algum livro sobre as técnicas coercitivas que empregam as seitas. Nas seitas, o normal é que os dirigentes se preparem com cuidado para sua nefasta arte.

Embora a seita possa ter tido coisas boas para você, pense somente nas coisas fundamentais para você agora: sua liberdade, sua própria dignidade, seu critério, suas próprias alegrias e penas, seus amores, todas as cosas que você poderia fazer se não estivesse no grupo.

Não esqueça de comprovar por si próprio que não há nem uma única prova sequer de todas essas fantasias paranormais, metafísicas e futuristas que lhe diziam.

Com o tempo, você irá perceber que certamente nem tudo foi ruim na seita, mas que o preço que lhe exigiam era desproporcionalmente alto para o que lhe davam em troca.

Você verá que o resto das pessoas também temos amigos, sonhos, conversações apaixonantes, experiências e aventuras de todo tipo. Cada ser humano é único. Você também!

seita teste falso mestre Yoga

ॐ ॐ ॐ

Traduzido e editado por Pedro Kupfer. Se quiser continuar a leitura, temos mais textos sobre Yoga e sociedade aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *