Cakras e Kośas, Conheça

Bhūtaśuddhi: Prática para Sublimar a Raiva

O ódio e emoções semelhantes, como rancor, inimizade, antipatia, repulsão, desprezo e abominação, movimentam uma enorme energia e enfraquecem a pessoa

· 1 mins de leitura >
raiva

A raiva e emoções semelhantes, como rancor, inimizade, antipatia, repulsão ou desprezo movimentam uma enorme energia e enfraquecem a pessoa. Precisamos aprender a canalizar de forma positiva essa energia e ter consciência de que esses sentimentos nos afastam do objetivo do Yoga e nos tiram a paz e o sossego.

  • Ṣaṭkarma: trātaka sentado em padmāsana e, na sequência, dez ciclos de nauli.
  • Āsanas: trikoṇāsana, flexão lateral; siṁhāsana, exalar vigorosa e profundamente pela boca sentado nos calcanhares; matsyendrāsana, torção sentado; ūrdhvadhanurāsana, extensão sobre as mãos e os pés; uṣṭrāsana, extensão sobre os joelhos com as mãos nos calcanhares; dhanurāsana, extensão de bruços segurando os tornozelos com o corpo em forma de arco e śīrṣāsana, inversão sobre a cabeça.
  • Yoganidrā: repita mentalmente o saṅkalpa “corto meus liames kármicos“.
  • Prāṇāyāma: mūrccha nāḍīśodhana prāṇāyāma, retenções longas e respiração alternada.
  • Mantra: japa com o bījamantra Rām.
  • Meditação: yantradhyāna sobre o anāhatacakra, no plexo cardíaco, ou ainda meditação sobre o amor e emoções análogas.

Outros procedimentos:

  • Fazer prāṇāyāma no momento em que a raiva surgir.
  • Se possível, fazer 24 horas de mauna, jejum verbal.
  • Bater sucessivas vezes e com uma certa força no esterno, para estimular o timo.
  • Treinar/recuperar o sorriso frente ao espelho, reconhecendo que a emoção é apenas inútil e prejudicial, pois nada irá resolver.
  • Assumir tarefas de serviço desinteressado.
  • Praticar ahiṁsā, a não-violência, mantendo controle sobre os impulsos de agressão, embora estejamos cobertos de razão.
  • Evitar a primeira explosão: se você conseguir conter o primeiro impulso, estará em condições de expor seus motivos de forma mais civilizada e justa.
  • Cultivar santoṣa, o contentamento.

ॐ ॐ ॐ

Extraído do Guia de Meditação

Saiba mais sobre Yoga e emoções
aqui, aquiaqui

ॐ ॐ ॐ

Pedro nasceu no Uruguai, 56 anos atrás. Conheceu o Yoga na adolescência e pratica desde então. Aprecia o o Yoga mais como uma visão do mundo que inclui um estilo de vida, do que uma simples prática. Escreveu e traduziu 10 livros sobre Yoga, além de editar as revistas Yoga Journal e Cadernos de Yoga e o site yoga.pro.br. Para continuar seu aprendizado, visita à Índia regularmente há mais de três décadas.
Biografia completa | Artigos

Uma resposta para “Bhūtaśuddhi: Prática para Sublimar a Raiva”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *