Conheça

Porque ganesha cavalga um rato?

Se você visitar a Índia, verá freqüentemente imagens do deus Śiva cavalgando um touro branco, Viṣṇu voando sobre uma imensa águia ou Sarasvati atravessando o universo num belo cisne. E, certamente, o que mais irá chamar sua atenção, é o fato de que Gaṇeśa, o deus com cabeça de elefante, cavalga um rato. Você poderá perguntar: mas porquê um rato?

06/10/2018 · 4 mins de leitura >

Haṭhayoga pradīpikā

Nova edição digital da Haṭhayoga Pradīpikā para download livre. Esta edição da Pradīpikā é a nossa oferenda à comunidade do Yoga. Portanto, fique à vontade para inspirar-se, duplicar, imprimir, divulgar, compartilhar com seus amigos e desfrutar livremente destes ensinamentos. Boas práticas!

19/04/2018 · 8 mins de leitura >

Que toque o sino

Este conto faz parte do Mahabhārata, o grande épico indiano, e fala sobre Sukha Maharāja, um grande sábio no corpo de um garoto de dezesseis anos. Ele era uno com as florestas, as montanhas, os mares e o todo. Andava nu, totalmente alheio às coisas do corpo. Quando Vyāsa, seu pai, perguntava onde ele estava, as árvores da floresta respondiam, "estou aqui, estou aqui, estou aqui".

16/04/2018 · 1 mins de leitura >

Teste: Estou numa Seita?

Acreditamos que, dado que de fato há seitas prosperando no meio do Yoga, deveríamos convidar nossos leitores a refletirem e avaliarem os grupos nos quais praticam. Para tanto, traduzimos, com pequenas adaptações, o presente teste, de autoria de Madeleine L. Tobias e Janja Lalich. Quiçá assim possamos ajudar alguém a libertar-se dessas relações tóxicas e instituições nefastas.

Yoga, Problema, Solução

Yoga é estar livre de distrações. Uma mente livre de distrações nos alivia do medo, da raiva e das outras emoções que poluem a paisagem interior.

09/02/2018 · 4 mins de leitura >

O que é vedanta?

Vedānta é a solução para o problema que surge quando me vejo como um mortal imperfeito, sujeito a várias limitações. Essa é a conclusão à qual cada indivíduo chega ao julgar precipitadamente. Vedānta é o ensinamento que resolve este problema. Na visão do Vedānta, você é a solução para o problema que você sofre. "Eu sou Brahman, a totalidade " é Vedānta. Portanto, Vedānta é a solução.

31/01/2018 · 1 mins de leitura >

A Vitória Sobre a Morte pelo Yoga

"O Ser está além de nome e de forma, além dos sentidos. Sem início, nem fim, estando além do tempo, do espaço e da causalidade, ele é eterno e imutável. Aquele que percebe o Ser livra-se das garras da morte". Nesta passagem da Kaṭhopaniṣad está o real sentido do Yoga: a busca pela imortalidade. Este é um tema recorrente tanto nesta mesma Upanṣhad quanto em outros śāstras.

10/01/2018 · 4 mins de leitura >

O que é Mokṣa?

O mestre e o discípulo estavam morando recolhidos num lugar tranquilo e isolado. Tinham algumas vacas para lhes fornecer leite, que eram cuidadas pelo estudante. De manhã, depois das aulas, ele as levava até o pasto e no fim do dia as conduzia novamente até o estábulo. Um dia, de noitinha, depois do pôr-do-sol, quando as vacas já estavam no estábulo, ele reparou que as cordas com as quais elas eram amarradas tinham sido perdidas no pasto.

08/01/2018 · 1 mins de leitura >

Os siddhis no Yogasūtra

Como resultado das primeiras formas do sabja samdhi, samādhi “com suporte”, o praticante adquire algumas habilidades. Ao exercer sayama sobre um tema, por exemplo, o yogi assimila o siddhi, o poder inerente a essa manifestação. Esses poderes são formas diferentes de relacionar-se com as leis naturais, que visam a estimular o sdhaka, desenvolvendo confiança para assim permanecer motivado para a liberação, mokṣa. Patañjali dedica uma boa parte do capítulo III dos Sūtras à enumeração e descrição dos diferentes suportes sobre os quais é possível fazer sayama, e as qualidades derivadas dessas contemplações. Apresentamos aqui uma lista parcial desses poderes.

07/01/2018 · 4 mins de leitura >

Vedānta para que?

Tempos atrás, escrevi um texto cujo título era “Yoga para que?” Agora, depois de ter respondido algumas vezes para amigos praticantes o que há no Vedānta que fascina tantos yogis, e que nos leva ano após ano de volta para a Índia para continuar estudando, escrevo este outro texto, complementar àquele, para tentar responder a essa questão.

13/11/2017 · 5 mins de leitura >