Dharma Hindu

Que toque o sino

Este conto faz parte do Mahabhārata, o grande épico indiano, e fala sobre Sukha Maharāja, um grande sábio no corpo de um garoto de dezesseis anos. Ele era uno com as florestas, as montanhas, os mares e o todo. Andava nu, totalmente alheio às coisas do corpo. Quando Vyāsa, seu pai, perguntava onde ele estava, as árvores da floresta respondiam, "estou aqui, estou aqui, estou aqui".

16/04/2018 · 1 mins de leitura >

Dicas de viagem à Índia

Considerando a quantidade de mensagens que temos recebido nos últimos tempos com pedidos de informações sobre como organizar uma viagem para a terra do Yoga, preparamos este texto com algumas dicas importantes.

05/11/2017 · 24 mins de leitura >

Jambo, a Árvore da Vida

A antiga cultura da Índia usava o nome Jambudvīpa, ou “ilha do jambū”, para se referir ao mundo. Na cosmogonia indiana, considera-se que o centro do mundo seja o Monte Meru, no Tibete. No alto desse monte sagrado cresce a Árvore da Vida, o Jambū. Desta maneira, Jambū é o Eixo do Mundo e a Origem da Vida ao mesmo tempo.

16/11/2016 · 1 mins de leitura >

A História de Kṛṣṇa e Kāliya

Um dia, Kṛṣṇa e seus amigos estavam batendo uma bola à beira do rio, quando ela foi parar na água. Kṛṣṇa mergulhou desde uma árvore kadamba para recuperá-la, porém o seu movimento incomodou o nāga, que o rodeou com suas cento e dez cabeças de maneira muito ameaçadora, vomitando veneno e criando uma nuvem peçonhenta ao seu redor.

02/05/2016 · 2 mins de leitura >

Yoga: Inside or Outside Hindu Dharma?

Those who praise the simplification of Yoga do not try, necessarily, to make Yoga available to all. Let us remember that the use of Sanskrit does not make Yoga incomprehensible. The fear of the culture of “the Other” is what makes Yoga incomprehensible. That fear is a form of xenophobia, the dislike of lack of confidence about everything that comes from another place or people.

24/03/2016 · 8 mins de leitura >

O Mito de Durgā

O mito da deusa Durga-Kali está narrado num shastra chamado Devimahatmyam. A Grande Deusa é criada pelos poderes de Brahmá, Vishnu e Shiva, junto com os devas, ou deuses menores. Ela encarna a totalidade dos poderes divinos, nossas virtudes e força interior, para combater e aniquilar o búfalo-demônio, Mahishasura, que representa o egoísmo e a ignorância.

14/01/2016 · 3 mins de leitura >

Santo 108

O amigo praticante sabe que o 108 é um número sagrado no Yoga: tradicionalmente, se fazem 108 repetições de um mantra ao meditar, ou 108 ciclos da saudação ao sol em práticas especiais. Também sabe que as japamālās, terços para meditação, têm 108 contas.

07/07/2015 · 2 mins de leitura >

Bebendo o néctar de Rāma

Bebo o sublime néctar de Rāma, o Divino. Com ele, esqueço todos os demais sabores. Por que deveríamos chorar a morte de outrem Se nós mesmos não somos permanentes? Quem nasce, morre: deveríamos chorar por isso? Nos absorvemos no Uno do qual viemos.

02/12/2014 · 3 mins de leitura >

Arte Sagrada Hindu

Dizer arte sagrada, no contexto do hinduísmo, é um pleonasmo. Digo pleonasmo pois, na cultura antiga da Índia não há arte que não seja sagrada. Não há forma de arte que não tenha o propósito de revelar algum dos múltiplos aspectos do divino e, ao mesmo tempo, um caminho para mokṣa, a libertação. Cada forma artística funciona como um espelho que aponta para as infindáveis manifestações do Criador.

15/01/2014 · 10 mins de leitura >

Kalki Avatara

As diversas correntes da variada tradição hindu apresentam distintas interpretações sobre quem são e qual é a função dos Avatāras. O termo Avatāra significa “Aquele que Desce”, e indica uma encarnação terrestre da forma divina de Viṣṇu, o Preservador da Criação. Um Avatāra é uma encarnação viva do Divino, nascido de pais humanos, que apresenta uma sucessão de virtudes divinas com características humanas.

03/07/2013 · 5 mins de leitura >