Todos os Artigos

Formação: uma escolha consciente

É natural que todo aquele praticante do Yoga que se apaixonou pela valiosa filosofia milenar queira se aprofundar nos estudos, não só para se tornar professor ou professora

17/09/2019 · 3 mins de leitura >

Ṣaṭkarma, a purificação orgânica

O corpo precisa purificar-se através de exercícios que transcendem a noção de higiene fisiológica pura e simples. O corpo precisa limpar-se através de exercícios que transcendem a noção de higiene fisiológica pura e simples. Karma significa atividade. Ṣaṭ é o número seis. O nome ṣaṭkarma deriva do fato de que, originalmente estas técnicas eram somente seis.

15/09/2019 · 16 mins de leitura >

A história de Viśvāmitra

Uma vez, o rei Viśvāmitra fez uma caçada numa densa floresta ao pé do Himalaia. No fim da jornada, tanto ele quanto sua tropa estavam na mais absoluta exaustão, morrendo de fome e sede. Andando por uma trilha, chegaram na caverna do grande sábio Vasiṣṭha, não longe da atual cidade sagrada de Rishikesh, e a ele pediram refúgio, água e alimento.

12/09/2019 · 1 mins de leitura >

Īśvara no Yoga: praticar vida? [parte 1]

Esta série de três textos que aqui iniciam tem como propósito esclarecer alguns pontos importantes em relação a Īśvara, a inteligência universal, seu papel nas nossas vidas e ao Karma Yoga. Estes temas, infelizmente, são bastante mal compreendidos na atualidade. Começaremos por este último, que deveria, penso, ser chamado Yoga da vida e não Yoga da ação.

11/09/2019 · 4 mins de leitura >

Īśvara no Yoga: Karma e Dharma [parte 2]

O poder do livre arbítrio sempre é justo e adequado para nós. Só precisamos assumir a responsabilidade por ele. Dotar o ser humano de livre arbítrio não é como dar um carro sem freios para um adolescente rebelde. Nesse sentido, Īśvara, a inteligência universal, não joga aos dados, como disse Einstein uma vez. O poder do humano pode criar ou destruir.

10/09/2019 · 3 mins de leitura >

Īśvara no Yoga: o Yoga da Vida [parte 3]

Os caminhos do karma podem parecer complexos, mas uma coisa é certa: cada fruto de cada ação é entregue pelas leis de Īśvara, que são sempre justas e adequadas. Assim, quando penso nos meios que escolho usar para conquistar os fins que me proponho, preciso levar em consideração o bem comum. Pensar que o fim justifica os meios é a pior maneira possível de olhar para as coisas no caminho da espiritualidade.

09/09/2019 · 4 mins de leitura >

Mantra da Plenitude

Este é um verso [aparentemente] inócuo. Examinando-o, temos o seguinte: um substantivo, dois pronomes, três verbos e uma partícula de ênfase. No entanto, alguém já disse: "Não me importo se todas as Upaniṣads desaparecerem da face da terra, desde que esta estrofe permaneça".Pode um verso pequeno ser tão profundo? "Claro que não. Isso é um total absurdo!” Esta teria sido a resposta de um certo inglês, que não percebeu ser o verso valioso, e muito menos, profundo.

08/09/2019 · 28 mins de leitura >

Lidando eficazmente com a raiva

A raiva nada mais é do que uma expressão da dor e da expectativa. Nós esperamos que certas coisas aconteçam, mas há um obstáculo entre o que acontece e nós mesmos. Noutras palavras, entre aquele que deseja e aquilo que é desejado, há um obstáculo bloqueando o cumprimento do que é desejável. Devido a este obstáculo, o desejo é desviado.

28/08/2019 · 1 mins de leitura >

Absoluto e relativo

O Absoluto não tem atributos. As palavras que se usam para apontar para o Ilimitado não são o Ilimitado, nem são atributos dele. São apontadores que indicam o Absoluto. Você pode compreender o Ilimitado através da compreensão do Universo como um atributo circunstancial dele. O Ilimitado é manifestado na forma do Universo, transitoriamente. Existia antes, existe agora, existirá depois.

26/08/2019 · 2 mins de leitura >

Meditação bhrāmarī, a vibração interior

O objetivo da meditação é obter a aniquilação dos saṁskāras, as crenças e condicionamentos que nos paralisam. A mente é a ferramenta. Procure conhecer esses saṁskāras. Tome consciência deles. Não tente controlar ou limitar a mente: fique amigo dela. Se você aceitar tudo o que vier dela e conseguir manter-se separado desses conteúdos, irá vencer a subjetividade e encontrar a paz.

13/08/2019 · 3 mins de leitura >